Conheça os 7 impostos e taxas mais utilizados no cálculo da Nota Fiscal eletrônica

0
  • Renato Toscano – Em conversa com alguns Despachantes Aduaneiros e Comissárias de Despachos, notei que temos 7 impostos e taxas mais utilizados no processo de desembaraço de mercadoria para a emissão da Nota Fiscal eletrônica, sendo eles:
  1. Valor do CIF (Cost, Insurance and Freight – Custo, Seguros e Frete)
  2. II (Imposto de Importação)
  3. IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados)
  4. PIS (Programas de Integração Social)
  5. COFINS (Contribuição para Financiamento da Seguridade Social)
  6. Taxa SISCOMEX (taxa é devida ao ato de registro da Declaração de Importação “DI” e futuramente a “DUIMP”)
  7. ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços)

Além deste 7 impostos, existem outros que vão depender dos detalhes do seu processo de importação.

Para você ter exatidão em seus cálculos de taxas e impostos e emitir a Nota Fiscal eletrônica com integração direta com o Sefaz, conheça o sistema iBroker Import que garante que os impostos da nota fiscal estejam 100% exatos com o registro da DI.

Com o iBroker Import, além de você controlar o processo desde a P.O, você também faz o registro da DI e realiza a emissão a Nota Fiscal Eletrônica.

Quer conhecer o sistema mais completo para nacionalização de mercadoria? Basta clicar no botão abaixo e me dizer quando posso entrar em contato contigo para eu entender sua necessidade e fazer uma demonstração exclusiva do sistema.

Compartilhe.

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.