Hoje, 6 de julho, é dia de ir a pé ao trabalho, à escola, ao futebol…

0

Antes de mais nada, hoje, 6 de julho, sexta-feira, é Dia de Ir a Pé ao Trabalho. A iniciativa do Instituto Corrida Amiga foi destacada na Edição #31 do Boletim Mobilize, que foi ao ar na segunda-feira (2) pela Rádio Trânsito de São Paulo. A voz (eletrônica) é de nosso diretor, Ricky Ribeiro, que convoca as pessoas a participar dessa iniciativa. 

Então, aproveite o jogo do Brasil, encontre os amigos, vá ao parque, ao mercado e ao trabalho. Mas tente ir a pé para o seu bem e também de sua cidade.

Caminhar é um direito básico de qualquer pessoa. É a forma mais leve, natural e saudável de mobilidade urbana. Não por acaso, é o modo que tem maior prioridade na Política Nacional de Mobilidade (Lei 12.587/2012).

Mas, como se sabe, o Brasil não oferece boas condições de segurança e conforto para pedestres e pessoas com mobilidade reduzida. Faltam calçadas, sinalização adequada, segurança e até ar puro nas ruas e praças brasileiras. Exatamente por isso fizemos em 2012 a Campanha Calçadas do Brasil, que mostrou o estado lamentável dos passeios públicos no país inteiro.

Campanha Calçadas do Brasil + 2018
Infelizmente, a situação pouco mudou nesses seis anos. Nesta segunda-feira (9) vamos retomar esse diagnóstico e iniciar o levantamento da Campanha Calçadas do Brasil+2018, que irá focar quatro aspectos para quem caminha nas cidades: acessibilidade (a calçada em si); sinalização para pedestres; conforto para quem caminha; e segurança.

O objetivo, desta vez, é avaliar, atribuir notas e fotografar trechos (quadras) de vias públicas em locais onde existam equipamentos públicos, sob responsabilidade de governos municipais, estaduais ou federais, como sedes de prefeituras, câmaras municipais, assembleias legislativas, tribunais e outros centros de poder.

Vamos também avaliar as calçadas ao redor de terminais de transportes, escolas públicas, hospitais e centros de saúde públicos; praças, parques, viadutos e outros equipamentos mantidos pelo poder público. A ideia é evitar a velha desculpa de que a manutenção das calçadas é responsabilidade dos donos de imóveis.

Após a primeira etapa, vamos elaborar relatórios que serão divulgados pela imprensa e entregues aos governos de cada cidade. A meta inicial é verificar as condições de caminhabilidade nas 27 capitais do Brasil, de Rio Branco (AC) a João Pessoa (PB); de Porto Alegre (RS) a Macapá (AP). Numa segunda fase abriremos a campanha para avaliações em todas as cidades do país.

Você, que é nosso leitor e parceiro, pode e deve participar. Para isso, a partir de segunda-feira, acesse o link da campanha  ou vá direto para o formulário de avaliação. Faça o login com seu email e bom trabalho! Avalie, fotografe e escreva pequenas notas sobre o que encontrar em cada avaliação. A meta é fechar a primeira etapa até 17 de agosto.

Se tiver dúvidas, escreva para mobilize@mobilize.org.br

Participe!

Equipe Mobilize Brasil

Compartilhe.

Escreva um comentário